GOSPEL DOWNLOAD FREE

O BLOG DAS MELHORES BANDAS DO PLANETA

GOSPEL DOWNLOAD FREE

O BLOG DAS MELHORES BANDAS DO PLANETA

GOSPEL DOWNLOAD FREE

O BLOG DAS MELHORES BANDAS DO PLANETA

GOSPEL DOWNLOAD FREE

O BLOG DAS MELHORES BANDAS DO PLANETA

GOSPEL DOWNLOAD FREE

O BLOG DAS MELHORES BANDAS DO PLANETA

quarta-feira, 9 de março de 2050

PACTO7 (ALTERNATIVE ROCK)





A PACTO7 foi formada em 2011 pelos irmãos Nathan Castro (Guitarra solo e vocal) e Ricardo Castro Jr (Bateria). A banda originalmente era o ministério de Louvor da Igreja Bíblica Vida Eterna (IBVE) da cidade de João Pessoa/PB e chamava-se New Life. Mas, por indicação do Pastor Ricardo Castro (pai de ambos), a banda mudou o nome para PACTO7, que é uma alusão à aliança perfeita realizada entre Deus e a humanidade em Gênesis 17:7. 
PACTO = ALIANÇA
7 = PERFEIÇÃO/DEUS
Desde então, Nathan começou a compor material próprio, com uma pegada mais calcada no Rock Alternativo, apesar da banda ter influências diversas, como as bandas Resgate, Fruto Sagrado, Virtud, Hadereck, Skillet, Oficina G3, Stryper e Bloodgood, entre outras.
Desde a sua formação, a banda nunca negou qualquer oportunidade para tocar, seja nos lugares mais inóspitos e insólitos. E isso os auxiliou na consolidação de seu som.
Entretanto, a banda sofreu diversas mudanças em sua formação, o que, de alguma forma, afetou sua carreira.
Até que no ano de 2015 o guitarrista e produtor André Luis ingressa na banda e traz consigo uma grande influência de Nu Metal, que consolidou de vez a sonoridade da banda.
Depois de algum tempo o baixista Willian Martins, um estudante de Música da IFPB, também entra para banda e agregou muito à sua sonoridade.
Hoje a banda está lutando para a gravação de seu primeiro trabalho de estúdio, apesar de já ter lançado alguns singles nas plataformas digitais.


Formação
Nathan Castro (Guitarra Solo e Vocal)
André Luis (Guitarra base e Backing Vocal)
Willian Martins (Baixo)
Ricardo Castro Jr. (Bateria)




2018 - TOP GEAR THEME (EP)
download

Participação da banda Pacto7 
no festival Cosmovisão 

sábado, 23 de março de 2019

MY DARKEST TIME (DOOM METAL)


Este é mais um projeto do multi instrumentista Zarko Atanasov.


Zarko Atanasov - Todos os instrumentos e Vocais guturais
Marina Atanasova - Vocais
Zoc Zoran Petrovski - Guitarra Solo
Martin Atanasov - Vocal

DISCOGRAFIA

End of My Darkest Time - 2008




My Thoughts - 2009
sem download




His Thoughts - 2010



  
Transient - 2012



 The Last - 2016




Dawn - 2018




quarta-feira, 20 de março de 2019

LIVRE ARBÍTRIO (ROCK)


A banda Livre Arbítrio foi formada no fim dos anos 1980 com o nome de "Salvo Conduto". Porém, depois de algum tempo tiveream que trocar de nome devido a duas outras bandas homônimas.
A Livre Arbítrio começou a abrir espaço na cena de rock de brasília, tocando em cada lugar que lhes dessem uma oportunidade. Nesse período eles tocaram em eventos punks, Skinheads, de MPB e Rock. E isso fez com que a banda galgasse alguma projeção na cena local.
No início dos anos 1990, após conseguir patrocínio, a banda parte para São Paulo e grava seu álbum de estréia, "Corsário do Rei". Mas devido aos parcos recursos, não conseguiram divulga-lo. Foi então que a gravadora Gospel Records assinou contrato com a Livre Arbírio e divulgou o álbum em todo o país. Este lançamento teve grande aceitação de público e crítica.
Vim conhecer a banda no Programa "Clipe Gospel" da Extinta rede Manchete de TV. Vi a banda tocando a música "Cavaleiro dos Céus" O álbum "liberdade de Expressão") e já fiquei fã da banda. A segunda música que ouvi foi "Liberte-se" do mesmo álbum. E achei uma proposta muito ousada, já que a música tem uma influência da Dance Music.
Depois vim conhecer o primeiro álbum e gostei muito das músicas "Corsário do Rei", o punk Rock "Navegante" e a ousada "Somos convidados", que gostei muito do uso da percusão.
Depois de lançar os álbuns "Liberdade de Expressão", "Acústico" e "Volta", a banda entra em um hiato, que só é quebrado em 2012, quando retornam com uma nova formação e o lançamento do álbum "Nunca Só".

André Geleia Fernandes (vocal)
Leandro Rocha (guitarra)
Rubinho (baixo)
Patrick Weslley (bateria)

Contato:
Contatos para Shows:
livrearbitrioband@gmail.com

Celular e Whatsapp:
61-81205828
61-82674675

DISCOGRAFIA:

1991: Corsário do Rei
download




1994: Liberdade de Expressão
download




2000: Acústico
download




2005: Volta
sem download




2012: Nunca Só
download




sábado, 16 de março de 2019

WYTCH HAZEL (HEAVY METAL)


Quando criança, o Guitarrista e vocalista Colin Hendra tocava bateria em orquestras, estudava piano clássico e participava do coral de câmara da escola na  cidade de Lancastershire na Grã-Bretanha.
Entretanto aos 16 anos, depois de conhecer o Metal sua vida mudou para sempre.
E em 2011, ao lado de Neil Corkery (baixo), Aaron  Hay (Barteria) e Josh Winnarrd (guitarra), Colin forma banda WYTCH HAZEL com a proposta de produzir músicas calcadas na sonoridade da NWOBHM, mas com influências medievais.
Em 30 de Junho do mesmo ano é lançado de forma independente o single "Surrender".E a banda ainda tocou no festival Muskelrock da suécia.
Em 2012 é lançado o EP "The Thruth" com uma tiragem de 100 cópias, que se esgotaram instantaneamente. As primeiras 60 cópias continha de brinde um boton da banda. E a música "Throwe Downe Your Sword" é uma versão acústica da música "Surrender", lançada em 2011.Este Ep teve uma grande aceitação e abriu a porta para diversas oportunidades de shows por toda Grã-Bretanha.
No mesmo ano, 2012, a banda participa de dois álbuns Splits: "Vol. 1" e "Borrowed Time / Wytch Hazel.
Em 30 de Agosto de 2013 banda lança em Vinil, pela gravadora 
High Roller Records,  uma coletânea intitulada "Surrender & The Truth", com uma tiragem de 500 unidades.
Em 22 de Abril de 2016 a banda lança pela Bad Omen Records o álbum "Prelude".Para as gravações a banda viajou para o País de Gales, para gravar no Foel Studios, e teve como produtor o multi-instrumentista Ed Turner (Ex-Purson).
Em 2017 as músicas "Surrender" "Wytch Hazel" são incluídas na coletânea da Bad Omen Records "Drums in the Deep", lançada em 8 de fevereiro de 2017.
Em 13 de Julho de 2018, ainda pela Bad Omen Records, é lançado o álbum II: Sojourn.

Colin Hendra - Guitar, Vocals
Alex Haslam - Guitar
Matt Gatley - Bass
Jack Spencer - Drums

DISOGRAFIA

Surrender (Single) 2011




The Truth (EP) 2012



Vol. 1 (Split) 2012 
sem download



Borrowed Time / Wytch Hazel (Split) 2012
sem download



Surrender & The Truth (Compilation) 2013
sem download



Prelude 2016



II: Sojourn 2018



quarta-feira, 13 de março de 2019

LIV (ALTERNATIVE ROCK)


LIV, MUITO PRAZER !
Por mais que o tempo pareça proposital para um algo mais a frente, a LIV buscou no dia a dia falar com simplicidade e direção oque muitos esquecera, somos URBANOS, a afirmação é totalmente verdadeira.
Você ouve cinco segundos de qualquer das 10 faixas inéditas e próprias e mesmo antes da assinatura de voz de Adriano Carmo, que não deixa qualquer dúvida, o Rock está de volta!
Wellington Duellis e Jeff Viveiros (guitarras), Fernando Reis (baixo) e Erick Coimbra (Bateria).
Você sabe que o LIV está lá, na íntegra. E na melhor forma.
Faça o teste; ouça o começo da música título do album “URBANO”, que é uma das faixas mais pesadas da banda.
É o Metal progressivo da época em que o grupo nasceu, com sonoridade encharcada que vai também ao Rock alternativo, estalando de modernidade e energia.
“Penso que a maior influência do LIV é sua capacidade de mesclar Peso com Poesia.
Temos marcas próprias, estilo próprio, uma maneira de compor e tocar que são particulares e valorizamos muito isso”, confirma Matheus Carmo, sobre as dez músicas que leva assinatura de composição do conjunto.
Em dezembro de 2010 o projeto do CD começou a esquentar.
E finalizaram o ano de 2011 com o Álbum em mãos, após muitas mudanças o LIV se encontra e sai rumo ao Brasil com a sua tão esperada tour.
Há musicas que nos fazem voltar a tão e sofrida nossa urbanidade como “Uma Saída” e “Urbano”.
Fernando Reis domina com uma linha de baixo matadora “Muito Tudo”.
O rock é a especialidade do quinteto, que conta com um dos melhores guitarristas de Minas Gerais, Jeff Viveiros e vem na sequência com “Espinhos”, em em um metal pra se ouvir pulando junto.
Qual é o segredo? “Creio que hoje tenhamos retomado exatamente a aquilo que sempre queríamos, diz Adriano Carmo.
Essa é a forma com que a banda tem melhor desempenho e com essa visão distanciada 8 anos no tempo e na estrada isso se tornou muito claro para nós.
É claro que houve um tremendo avanço musical aliado a experiência na estrada, e incorporamos isso no dia-a-dia da banda, mas a essência do método de trabalho é exatamente a mesma que Jesus Cristo em vida ”, crava Wellington Duellis.
E a única brecha que me dá é a recomendação que ouça o CD e o show ao vivo.

MÍDIAS SOCIAIS
PLATAFORMAS DIGITAIS - https://novafase.lnk.to/PorAmarVoce


2018 - URBANO




sábado, 9 de março de 2019

CLAWHAMMER (STONER METAL)


Eddy Sanchez - Bass
Stephen "Slater" Mcneer - Drums
Paul Hill - Guitars, Bass, Programming, Congos 
Paul Craig - Vocals, Harmonica, Keyboards

DISCOGRAFIA


Clawhammer - 2015



In Space - 2016




Diabolical - 2017



 
Delta Mud - 2018



 
The Sons of Sabbath - 2018



quarta-feira, 6 de março de 2019

DAVID D'ROCK (PUNK ROCK)


A banda David D'Rock começou (estranhamente) não como uma banda, mas sim, em 2016 com o ex-ateu David Cantando com Playbacks em diversos lugares, inclusive em evangelismo urbano.
Em 2017 David reune alguns companheiros e forma o que viria a ser a banda David D'rock com a proposta de, por meio de um excelente Punk Rock, resgatar almas para Cristo e principalmente os ateus.

David D'rock é:
Roberto Neres - Baixo
Gabriel Araújo - Guitarra
David D'Rock - Bateria e Vocal

2019 - Motim Contra Satanás

sábado, 2 de março de 2019

STAVESACRE (POST-HARDCORE)


Stavesacre é uma banda cristã de post-Hardcore formada pelos ex-membros da banda The Crucified, Mark Salomon (vocal) e Jeff Bellew (Guitarra), em 1995. Ambos também integraram a banda de Metal industrial Argyle Park.
Após o término da The Crucified, Salomon e Bellew sentiriam que ainda deveriam compor. E assim juntaram-se ao Baterista Jeremy Moffett, da banda The Blamed, e ao baixista Dirk Lemmenes, da banda Focused.
Pelo fato do dono da gravadora Tooth & Nail, Mike Knott, já conhecer bem Mark Salomon, eles assinam contrato com a banda.
Em 1996 é lançado o álbum de estréia "Friction". Mas logo após seu lançamento Moffett deixou a banda e foi substituído pelo baterista da banda Scarted Few, San West (que também teve uma participação na banda cristã gótica Saviour Machine).
Em 1997 a banda lança o álbum Absolutes. Mas após o seu lançamento, Bellow deixa a banda para se dedicar inteiramente ao seu casamento, mas deixa as guitarras gravadas para o terceiro album da banda. E no mesmo ano Ryan Dennee é incluído como um segundo guitarrista.
Em 1999 é lançado o álbum  Speakeasy, que já saiu na posição nº 44 da  Billboard Top Heatseekers Chart e no nº 55 da Top Contemporary Christian Chart.
Apesar de ter deixado a gravadora Tooth & Nail, esta, ainda lançou a coletânea Collective em 2001. E no mesmo ano a banda ainda lança um Ep Split com a banda Denison Marrs. E a turnê de lançamento desse álbum durou dois anos, deixando os membros da banda exaustos. 
Em 2002, em meio a turnê do EP Split, é lançado o álbum ao vivo Live From Deep Ellum.
Também em 2002 é lançado, pela Nitro Records, o álbum stāvz'ā'kər. Para esse álbum o guitarrista Neil Samoy é incluído na banda. Mas, apesar de receber muitas críticas positivas, os membros da banda não ficaram muito satisfeitos com seu resultado final. E logo após o lançamento, Samoy deixa a banda alegando motivos pessoais.
Em 2005 é lançado o Ep  Bull Takes Fighter. E em 2006 veio o lançamento de How to Live with a Curse, ambos pela Abacus Recordings , um selo da Century Media Records.
Em 2007 a banda anuncia que estava trabalhando em novas músicas com o guitarrista fundador Jeff Bellew, e também a gravação de um DVD contendo a biografia da banda. Mas esses lançamentos, segundo a banda, marcaria o fim da Stavesacre.
Contudo em 2011, a banda lança Against The Silence. E em 2017 é lançado MCMXCV.


Mark Salomon - vocals 
Jeff Bellew - guitars, backing vocals
Dirk Lemmenes - bass guitar, backing vocals 
Sam West - drums, percussion 
Ryan Dennee - guitar, backing vocals 


1996 - Friction




1997 - Absolutes





1999 - Speakeasy





2001 - Collective (Coletânea)





2001 - Split EP





2002 - Live From Deep Ellum





2002 - Stavesacre





2004 - Bull Takes Fighter





2006 - How to Live With a Curse





2011 - Against The Silence




2017 - MCMXCV





2018 - Burn the Witch (single)





quarta-feira, 27 de fevereiro de 2019

ENOCK LOU (ROCK)


Enock Lou é um ex-cover de Raul Seixas que trilhou vários caminhos, passou por experiências profundas com drogas, esteve envolvido no esoterismo-ocultismo e em várias religiões. Hoje, após sua conversão, Enock Lou passou a desenvolver um trabalho musical evangelístico.


DISCOGRAFIA:

1995 - Metamorfose Radical
sem download



1997 - Além das Estrelas
sem download



1998 - Protesto
download



2002 - A Senha
download



2011 - Muito Louko (Single)
download



2017 - Experience (EP)
download



2018 - Sucessos
download



Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More